fbpx

A importância da saúde e da segurança comportamental na empresa

Grande parte das empresas não sabe como construir um ambiente laboral seguro e saudável. Assim, acidentes de trabalho e doenças ocupacionais seguem sendo motivo de afastamentos e gastos nas organizações. Muitas vezes, a organização não consegue enxergar a saúde e a segurança comportamental como um investimento.

Contudo, nem sempre as empresas deixam de investir na segurança do trabalho por mal ou por não desejarem o bem e a saúde emocional do colaborador. Pelo contrário, na maioria das vezes, o problema gira em torno da falta de entendimento dos prejuízos que podem ter a médio e longo prazo, bem como da ausência de conhecimento acerca dos benefícios da prevenção. 

Na verdade, é comum do ser humano postergar ações, deixar aquele “gasto” para depois. Só que quando falamos em saúde e segurança comportamental no trabalho, o depois pode ser tarde demais.

Afinal, acidentes dentro do ambiente corporativo costumam gerar custos graves na vida do acidentado, assim como consequências financeiras e legais para a empresa. Dessa forma, é preciso apostar na prevenção. 

Quer saber como ter as estratégias mais assertivas para contribuir para um ambiente onde todos gostariam de trabalhar? Então, conheça agora mesmo as nossas soluções!

O que é saúde e segurança comportamental

Sabemos que o  Brasil apresenta índices alarmantes no que se refere aos acidentes de trabalho. Infelizmente, mais de cinco milhões de brasileiros foram afastados de seus ambientes corporativos entre os anos de 2012 e 2020, de acordo com dados do Observatório de Segurança e Saúde do Trabalho.

Geralmente, os motivos variam entre comportamentos inseguros, desrespeito a normas de segurança, imprudência dos trabalhadores, falta de fiscalização e suporte por parte da empresa, erro ou falha humana. Isso quando os afastamentos não são fruto de doenças profissionais ou doenças do trabalho (veja mais aqui). 

Pensando em reverter o índice, hoje em dia existem os programas de saúde e segurança comportamental. Eles nada mais são do que técnicas que têm como objetivo diminuir a exposição ao risco ao pensar em estratégias de prevenção. 

Para que serve?

Na verdade, a segurança comportamental, como o próprio nome já diz, atua no comportamento do colaborador. Então, gira em torno de métodos de conscientização a fim de evitar comportamentos inseguros, preservando a integridade física e a saúde dos profissionais.

Como a ideia central é chegar a uma cultura de segurança e acidente zero, é preciso que tanto a empresa quanto os funcionários e gestores estejam envolvidos no processo. É muito importante, por exemplo, que a saúde e a segurança comportamental estejam atreladas ao uso dos Equipamentos de Proteção Individual, da mesma forma que ao cumprimento das exigências das Normas Regulamentadoras de Segurança do Trabalho

Além do mais, os programas de saúde e segurança comportamental buscam sensibilizar os líderes sobre o quão importante são os seus papéis enquanto formadores de opinião dentro de uma organização. Isso estimula a criação de uma cultura organizacional prevencionista e ainda contribui para a percepção dos riscos, o que favorece a tomada de decisão.

Benefícios da saúde e segurança comportamental

Quando a empresa investe em uma comunicação assertiva, no desenvolvimento da equipe, na melhoria contínua dos processos, em treinamentos e na conscientização acerca da segurança comportamental, uma série de benefícios começam vir à tona. Alguns deles são:

  • Aumento da produtividade da equipe;
  • Colaboradores mais motivados;
  • Processos mais assertivos;
  • Envolvimento do time quanto à segurança no trabalho;
  • Ambiente corporativo mais sadio e seguro;
  • Cultura de segurança sólida;
  • Atenção aos riscos e processos.

Sabendo das vantagens em implementar a segurança comportamental na empresa, é importante também pensar em algumas atitudes que devem ser adotadas. 

Por exemplo, o gestor fornece feedback constante para avaliar o comportamento seguro e compreender os motivos da ocorrência de ações de risco? A empresa estimula a participação da equipe para que todos possam evoluir em conjunto? Há uma análise para melhoria das regras? Existe sensibilidade da liderança para o diálogo? Todos esses pontos devem ser observados.

Se você chegou até aqui pode estar se perguntando: “ok, já entendi que preciso melhorar alguns processos na empresa, principalmente em relação à saúde e segurança comportamental. Mas como entender os meus colaboradores para, assim, ser assertivo nas estratégias?

A MAPA pode te ajudar

Já vimos que as constantes mudanças no cenário – afinal, vivemos no mundo BANI, certo? – requerem das empresas a adoção de estratégias cada vez mais inovadoras para a tomada de decisões assertivas quando o assunto é a redução de acidentes e doenças ocupacionais.

Para isso, é preciso entender o momento dos seus colaboradores e é aí que a MAPA entra. Afinal, somos especialistas em entender pessoas através de ciência e dados. Acreditamos que, por meio de uma metodologia completa e de um diagnóstico organizacional profundo, podemos construir uma base de informações sólida para empresas traçarem as melhores estratégias.

Teste de personalidade MAPA

O teste psicológico MAPA, por exemplo, foi desenvolvido para ser uma competente ferramenta que gera dados por meio da avaliação de personalidade.

A ferramenta é capaz de  identificar riscos de acidentes a fim de contribuir para a segurança do trabalho. Além disso, traz, em indicadores, as características pessoais de cada funcionário. Essas podem prevenir ou contribuir com o envolvimento do colaborador em acidentes.

E não para por aí. Por meio do teste psicológico, é possível entender as disposições de comportamento e posicionamento de uma pessoa no seu dia a dia. Por exemplo, aqueles comportamentos precipitados relacionados à imprudência. Da mesma maneira, o método de testagem fornece uma gama de informações relacionadas às potencialidades e pontos a desenvolver de cada um dos membros da equipe. 

Por fim, o teste visualiza não somente fatores de risco para aquele contexto e setor. Mas, também, quais características funcionam como fatores protetivos, que podem impactar na promoção de um ambiente sadio e seguro. Aliás, também trabalhamos com o inventário comportamental, além do teste de personalidade.

E isso pode ajudar você a contribuir com a saúde e segurança comportamental da empresa, uma vez que, ao ter conhecimento do perfil dos colaboradores, torna-se possível traçar ações que envolvam a prevenção de riscos.

Quer saber mais? Converse com um de nossos especialistas.

Wanessa Viegas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados