Blog Mapa > Entenda as principais diferenças entre cultura e clima organizacional

Entenda as principais diferenças entre cultura e clima organizacional

21/10/2019
Clock Leitura: 4 minutos
Entenda as principais diferenças entre cultura e clima organizacional
Áudio Post com áudio, ouça abaixo:

Com a crescente humanização das empresas e dos seus processos, muito se fala sobre cultura e clima organizacional. Esses, aliás, são dois conceitos fundamentais na construção e na manutenção de qualquer negócio de sucesso.

Acontece que muitos profissionais da área de recursos humanos confundem os termos ou até mesmo pensam que cultura e clima organizacional são a mesma coisa. Ao continuar aqui no post, você vai ver que, na verdade, cada um tem sua própria definição e, apesar de se diferenciarem, são fundamentais quando trabalhamos de forma conjunta. Acompanhe!  

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional de uma empresa diz respeito aos seus valores, missões, regras éticas e processos comunicacionais. Por isso, ela apresenta diversas características que compõem o comportamento dos membros de um negócio, funcionando como uma espécie de código de conduta ou como um DNA da organização.

Por isso, dizemos que o conceito é entendido por meio de um paralelo com a personalidade humana. De acordo com a especialista e pesquisadora na área Linda Smircich, os colaboradores lidam com um fio condutor, que envolve comprometimento com a organização, identificação com a filosofia de gestão transmitida, racionalização e legitimação das atividades.

Tudo isso motiva os colaboradores a se manterem engajados, facilitando a socialização e promovendo a produtividade requerida para o sucesso da organização por inteiro. A ideia é que todos se comportem e ajam de forma semelhante para criar um ambiente saudável e promissor, abraçando os mesmos valores e objetivos.  

O que é clima organizacional?

Sabe aquela atmosfera do local de trabalho? O clima organizacional tem a ver exatamente com isso — o que acontece diariamente nas rotinas da empresa. Aqui, o conceito envolve tudo aquilo que os funcionários estão pensando sobre a organização, podendo influenciar diretamente nos processos, mesmo que de forma momentânea.

Como a ideia é bastante subjetiva, alguns gestores de recursos humanos trazem dúvidas sobre como mensurar o clima da organização. Por isso, utilizam alguns indicadores que apontam se os colaboradores estão se sentindo bem ou não em suas funções.

Quer um bom exemplo? Absenteísmo. Se ultimamente a maioria dos membros da equipe está chegando atrasada ou faltando ao trabalho, pode ser que aí esteja um problema de clima organizacional. O turnover de colaboradores também é outro fator a ser medido, bem como aspectos ligados à produtividade.  

Qual a diferença entre os dois conceitos?

Cultura e clima organizacional parecem muito próximos e realmente são. Porém, existe entre os dois conceitos a diferença da permanência e da adaptabilidade. A cultura, por exemplo, é mais enraizada e solidificada, difícil de mudar, enquanto o clima pode ser alterado rapidamente devido a influências internas ou externas.

A cultura organizacional é uma base de valores éticos e comportamentais que perdurará seja lá qual for a situação da empresa. É por meio dela, inclusive, que a seleção de talentos pode se basear de forma a atrair perfis cada vez mais próximos da “cara da organização”. Contudo, o clima organizacional pode variar com mais frequência, sendo uma ótima forma de avaliar como anda o ambiente de trabalho — positivo, colaborativo, produtivo ou não.  

Como cultura e clima organizacional funcionam juntos?

O clima tem andado de acordo com a cultura da empresa? Se ele melhora, consequentemente a cultura organizacional também se aperfeiçoa com o tempo, estabelecendo-se como algo mais sólido em um longo prazo.

Se um colaborador tem um perfil compatível à cultura organizacional, com certeza ele vai se identificar com os propósitos da empresa e vai render muito mais do que se estivesse ali somente pelo salário, por exemplo. Então, se o clima é mensurado positivamente com certa frequência, tudo indica que está havendo perfeita harmonia entre equipes, objetivos, processos e cultura interna.

Quando os gestores da área de recursos humanos compreendem a fundo a diferença entre cultura e clima organizacional, é possível estimular um ambiente mais favorável aos colabores e permitir mais prosperidade ao negócio.

Além de saber tudo isso, quer também contar com um instrumento eficiente de gestão de pessoas? Entre em contato com a nossa equipe e descubra como podemos ajudar!

Avatar
Equipe MAPA
Receba nossa
newsletter



Ebook

Como prevenir e lidar com acidentes de trabalho na empresa

Como prevenir e lidar com acidentes de trabalho na empresa
ACESSAR MATERIAL

Veja nossos últimos materiais

  • Como prevenir e lidar com acidentes de trabalho na empresa

    Como prevenir e lidar com acidentes de trabalho na empresa

    LER E-BOOK
  • Como usar ferramentas de avaliação de pessoas além do processo de seleção

    Como usar ferramentas de avaliação de pessoas além do processo de seleção

    LER E-BOOK
  • Guia: Como otimizar o processo de seleção de funcionários

    Guia: Como otimizar o processo de seleção de funcionários

    LER E-BOOK

Junte-se a milhares de profissionais de RH
para receber conteúdos sobre ciência e dados

icone WhatsApp
Fale conosco via whatsapp