fbpx

Como saber se sua empresa precisa de um teste de personalidade?

O uso de testes de personalidade é cada vez mais comum nos processos de recrutamento, seleção e desenvolvimento das empresas. Isso porque esse tipo de ferramenta de avaliação psicológica mapeia, de forma profunda, o perfil de uma pessoa. Um bom teste de personalidade permite ao psicólogo ou gestor de RH identificar competências, planejar e ter contratações certeiras.

Sendo assim, é capaz de identificar talentos, pontos fortes e de melhoria, assim como valores e condutas em diversas situações. Nesse sentido, ter alguém que se adequa à cultura da empresa, por exemplo, pode evitar turnover e absenteísmo, além de aumentar a motivação.

Então, quando apostar em um teste de personalidade? Veja abaixo!

Por que investir em gestão de pessoas

Quando os profissionais se sentem valorizados pela empresa, eles se envolvem e se motivam mais na busca pelos resultados. Isso, juntamente com boas metas, é sinônimo de crescimento. Uma boa gestão, por exemplo, contribui para o aumento da sensação de bem-estar no trabalho. E isso, por fim, reduz índices de absenteísmo e turnover.

Rotatividade

Vale destacar que o índice de rotatividade em uma empresa ou, em outros termos, o turnover, é um grande indicador para entender a qualidade e o sucesso dos processos de gestão de pessoas. Essa taxa é medida por meio da relação entre contratações e desligamentos com o número total de colaboradores.

Além disso, a rotatividade alta é algo que interfere, por exemplo, no fluxo financeiro e tempo dos gestores para treinar novas pessoas. Segundo a Pesquisa de Consultoria Robert Half, publicada, no ano passado, na revista Capital Econômico, o turnover cresceu bastante nos últimos três anos. Cerca de 38% das empresas mundiais tiveram aumento de rotatividade. No Brasil, 82% das empresas sofrem com o problema.

Produtividade

Outro ponto que merece destaque é em relação à produtividade e motivação. De acordo com o Valor Econômico, a produtividade dos trabalhadores teve queda em 2021 em 8,3%.

Em resumo, uma empresa que não usa as ferramentas ideais custa caro. Um estudo, feito pela Levee, mostrou que as 500 maiores empresas do Brasil deixam de ganhar 230 milhões de reais por ano, em média. O motivo? Improdutividade de suas operações.

Absenteísmo

O absenteísmo diz respeito à ausência de um ou mais colaboradores no período laboral, seja por algumas horas — como nos casos de atraso ou uma saída adiantada ao fim do expediente — ou por vários dias. No geral, o índice aceitável nas empresas gira em torno de 3 a 4% mensalmente. Na pandemia, por exemplo, o país registrou altos índices de absenteísmo.

Diante desses e outros problemas, o teste de personalidade se configura como peça essencial para manter o equilíbrio dentro da empresa, garantindo os resultados planejados.  Como entender mais sobre o perfil de uma pessoa e saber como ela se comporta no dia a dia ajuda a empresa a gerar insumos. Tais insumos embasam a tomada de decisão sobre as melhores estratégias para o desenvolvimento de pessoas. 

Então, veja mais a seguir!

Importância do teste de personalidade para as empresas

Antes de mais nada, os testes de personalidade evidenciam características e comportamentos do indivíduo. Da mesma maneira como mostram traços inatos e aqueles adquiridos ao longo da vida. 

E isso é muito útil para a empresa. O candidato à vaga tem perfil de líder? É uma pessoa exigente? Alguém que tende a ter bons relacionamentos interpessoais? É um perfil ativo? Tudo isso pode ser avaliado por meio de indicadores precisos, por meio de questionário.

Somando-se a isso, esse tipo de teste psicológico ajuda a selecionar perfis que tenham mais a ver com a organização e com o cargo em questão. De nada adianta uma pessoa com perfil ansioso trabalhar com metas altas e curto prazo. Isso pode desencadear até mesmo doenças profissionais. Da mesma maneira, pode elevar o índice de desmotivação, turnover e absenteísmo.

Além de destacar conceitos que podem ser diferenciais para uma boa contratação, o instrumento também é útil para autoconhecimento. Afinal, quantas pessoas por aí não sabem quais seus pontos fortes e pontos a desenvolver? Com o conhecimento, é possível se motivar para aperfeiçoar o que for preciso. Inclusive, grandes empresas têm programas para ajudar os colaboradores nesse quesito.

Entre outras vantagens, é possível dizer que o teste:

  • Permite à empresa saber se o perfil está apto para assumir o cargo e construir uma boa relação com a equipe;
  • Da mesma forma, pode ajudar a empresa a reestruturar setores e realocar profissionais;
  • Traz respostas confiáveis sobre cada avaliado;
  • Ajuda a forma times integrados e fortes;
  • Por fim, traz informações que podem ser usadas para aumentar a produtividade e a motivação.

Teste de Personalidade MAPA

Na MAPA Avaliações, trabalhamos com uma ferramenta que avalia até 48 traços da personalidade, trazendo uma análise que pode auxiliar na tomada de decisões dentro da empresa. Isso sem enquadrar as pessoas e de acordo com as necessidades específicas do negócio.

O teste de personalidade MAPA se baseia em uma escala de autorrelato e avalia um conjunto de construtos que organizam a personalidade por meio de ciência e dados. 

Entre as vantagens, é possível dizer que a ferramenta em questão possui indicadores específicos para avaliação de riscos, sistema de gestão on-line, validação pelo CFP e entendimento completo do sujeito.

Está na dúvida se a sua empresa deve optar pelo teste de personalidade MAPA? Então, é só pensar se ela precisa:

  • A princípio, checar competências para ver a compatibilidade do candidato com a vaga;
  • Melhorar o desempenho dos profissionais, como o índice de motivação e produtividade;
  • Criar um planejamento de sucessão eficaz;
  • Fazer contratações mais assertivas, de forma a diminuir o absenteísmo e turnover;
  • Recrutar talentos e aprender a mantê-los na empresa.

Em síntese, vale dizer que somos experts em entender pessoas por meio de ciência e dados. Afinal, já são mais de 35 anos de trajetória que nos tornaram especialistas na arte de entender o ser humano. Isso tanto no campo psicossocial, quanto no cultural e no histórico.

Por fim, quer saber mais sobre as nossas soluções para ser assertivo nos processos de RH? Então, fale com a gente!

Wanessa Viegas

Compartilhe:

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados