fbpx

Como o teste de personalidade MAPA auxilia na prevenção de acidentes?

O número acidentes de trabalho em nosso país continuam sendo alto. O Brasil, por exemplo, é um dos países que lideram o ranking com o maior número de trabalhadores formais acidentados do mundo. Como o teste de personalidade ajuda a prevenir acidentes?

Antes disso, vale destacar que o dia 27 de julho é marcado como o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho. A data está longe de ser uma conquista. Na verdade, ela é um marco da luta dos trabalhadores por ambientes seguros e um apelo às empresas.

O que as empresas podem fazer para oferecer um local seguro? A MAPA Avaliações conta com soluções para o problema. O nosso teste de personalidade, por exemplo, possui indicadores para avaliar riscos.

Continue lendo o artigo para saber mais!

Índice de acidentes de trabalho no Brasil

O país registrou aumento de 30% em óbitos e acidentes de trabalho em 2021 na comparação com o ano de 2020. De acordo com dados do SmartLab, da OIT e do Ministério Público do Trabalho (MPT), o Brasil registrou 2,5 mil óbitos e 571,8 mil Comunicações de Acidente de Trabalho (CATs) no ano passado.

Entre 2012 e 2021, por exemplo, foram 22,9 mil mortes e 6,2 milhões de CATs no mercado formal de trabalho. O alto índice traz prejuízos para o acidentado, para as suas famílias e não para por aí. Afinal, os custos se manifestam em gastos no sistema de saúde e do seguro social. No caso das empresas, elas perdem bastante no quesito produção, fruto de dias perdidos de trabalho.

Quais são as causas mais comuns de acidentes de trabalho

Muitos dos acidentes que vemos por aí têm como causa falhas humanas. Por exemplo, desatenção, descuido, despreparo. Porém, cabe ressaltar que para acontecer de haver negligência por parte de um trabalhador, é preciso considerar várias decisões, atitudes ou comportamentos que criaram condições para que o acidente se concretizasse.

Isso significa que nem sempre os acidentes surgem por um único aspecto. Ou seja, não são atribuídos a somente uma causa. Portanto, o fenômeno é multicausal, fruto fatores que podem influenciar o indivíduo, alterando, dessa forma, sua conduta frente às mais diversas situações.

Sabendo disso, um erro pode acontecer por falta de informações. Bem como pela percepção baixa dos perigos e riscos, omissão dos fatos, falha de memória, excesso de confiança, entre outros.

É por isso que para avaliar uma pessoa não podemos nos esquecer de levar em conta o contexto e o ambiente no qual ela está. Falando nisso, o teste de personalidade consegue analisar mais a fundo o perfil de qualquer pessoa. E, assim, detectar se ela possui ou não propensão a riscos de acidentes. 

Como o teste de personalidade MAPA ajuda a prevenir acidentes de trabalho

O teste de personalidade é usado para mapear as características de uma pessoa. Por exemplo, pode indicar os aspectos emocionais e perceber como o sujeito pode agir em momentos de pressão, conflito, estresse e euforia.

A metodologia leva em conta a interação entre organismo e ambiente. Assim, mapeia e entende o modo como aspectos objetivos e subjetivos atuam na no desenvolvimento de uma pessoa e nas respostas que ela oferece ao ambiente que perfaz. 

O teste psicológico também tem como proposta analisar o ciclo laboral do colaborador. Isso envolve o estudo das relações dele com o trabalho, com a gestão liderados e com a cultura da empresa.

Ao levar em conta diversos indicadores, o MAPA fornece um diagnóstico preciso, apto a contribuir com a segurança e prevenção de acidentes. 

Com ele, a empresa tem em mãos um panorama geral para a busca de estratégias de enfrentamento. Assim, pode auxiliar os funcionários a lidar com as adversidades do trabalho e a se proteger da exposição ao risco.

Indicadores de risco do teste de personalidade

O MAPA, aprovado pelo CFP, tem indicadores que mostram a suscetibilidade do colaborador se envolver em risco de acidente físico. Isso seja por estar vulnerável emocionalmente, por apresentar comportamento de precipitação ou mesmo de negligência.

Nesse sentido, o nosso teste é capaz de oferecer um perfil comportamental e os indicadores de saúde emocional do colaborador. Assim, permite uma atuação que tenha por meta a preservação do fator humano.

Outras dicas  para prevenir acidentes de trabalho

As condições que podem favorecer um comportamento mais seguro e adequado envolvem um processo educativo em segurança e saúde. A ideia é tornar o ambiente mais seguro e saudável, para prevenir acidentes no ambiente de trabalho.

As empresas precisam entender que as boas práticas de segurança no trabalho são investimentos. Ações como incentivo e fiscalização quanto ao uso de EPIs, contratação assertiva, capacitação de pessoal mantém não apenas a saúde física, mas a saúde emocional de toda a equipe. 

Assim, a empresa alcança melhorias nas condições de trabalho. Além disso, reduz acidentes e contribui para o bem-estar e produtividade. Veja o que mais se pode fazer para prevenir acidentes:

  • Investir em EPIs e medidas de proteção. Por exemplo, sinalização nos ambientes;
  • Contratar perfis que estejam alinhados à cultura da empresa;
  • Oferecer atividades que promovam a saúde mental. Como atividades físicas, ginástica laboral ou meditação;
  • Realizar treinamentos para capacitar o time;
  • Garantir boas condições na execução das tarefas;
  • Ter uma comunicação clara e eficaz;
  • Fiscalizar o cumprimento das Normas Regulamentadoras;
  • Investir na ergonomia a fim de evitar dores, cansaço ou fadiga;
  • Estar atento aos riscos.

Por fim, vale lembrar que pessoas saudáveis produzem de forma mais eficaz. E, assim, trazem um ambiente saudável e boa produção.

A MAPA analisa o risco de acidente de trabalho, por meio da execução de projetos da área técnica. Tudo isso com especialistas, junto aos clientes que trazem essa demanda. Quer saber mais sobre as nossas soluções? Então, fale com a gente aqui!

 

Wanessa Viegas

Compartilhe:

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados