fbpx

Dia Nacional da Indústria: como manter a saúde emocional da equipe?

As indústrias são as engrenagens que movem o país. Elas geram empregos, transformam matéria-prima em produto e colecionam as mais diversas histórias. Hoje, é o Dia Nacional da Indústria. Para fortalecer ainda mais esse espaço de produção, trouxemos algumas dicas de como a sua empresa pode cuidar da saúde emocional dos profissionais deste ramo. 

A MAPA Avaliações permite entender pessoas por meio de ciência e dados. E isso pode auxiliar a preservar a saúde física e mental no ambiente de trabalho.

Quer saber mais? Então, é só clicar aqui para conversar com a gente!

O trabalho nas indústrias

Se pararmos para refletir, quase tudo o que consumimos nos dias de hoje, desde os alimentos, aos talheres que usamos, são fruto do trabalho na indústria.

Em resumo, na época da Revolução Industrial, as condições de trabalho eram precárias. Os operários eram submetidos a condições desumanas. Isso porque as indústrias eram quentes, úmidas, sujas e escuras. Além disso, a jornada de produção chegava a 14 ou 16h diárias, com pouco tempo para descanso. E isso comprometia a saúde física e mental das pessoas.

Porém, de lá para cá, muita coisa mudou. Hoje em dia, existem as Normas Regulamentadoras, por exemplo. Em resumo, elas consistem em obrigações a serem cumpridas pelos trabalhadores e pela empresa. O objetivo é garantir um ambiente sadio e seguro.

Contudo, mesmo com as mudanças nas leis, os profissionais ainda sofrem com doenças ocupacionais, doenças do trabalho e exposição ao risco de acidentes. É possível citar vários exemplos de problemas que afetam a saúde emocional do colaborador da indústria. Um deles é o Burnout, causado por excesso de pressão, carga horária excessiva, ambiente de ameaças etc. 

Além dele, há outras doenças que podem surgir. Por exemplo, a depressão, a ansiedade e a síndrome do pânico. Isso sem deixar de lado as doenças que afetam a saúde física das pessoas. Por exemplo, o próprio câncer, que pode vir à tona devido à exposição constante a agentes nocivos, como vapores e gases.

Sabendo disso, é preciso conscientizar as indústrias sobre o quão crucial é manter uma cultura de saúde e segurança.

Saúde emocional no trabalho

Já vimos por aqui que a saúde mental é um estado de bem-estar em que o indivíduo é capaz de usar as suas próprias habilidades. Da mesma forma como recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com a sua comunidade.

Vale dizer que a avaliação da saúde emocional não se reduz somente a aspectos como depressão e ansiedade, que estão entre os principais transtornos identificados pelas pesquisas, principalmente em tempos de incertezas como a pandemia. 

Mas diz respeito também a uma análise dos fatores protetivos e de risco que podem afetar em menor ou maior grau a vida do colaborador. Esses fatores são chamados de psicossociais e estão presentes em todos os âmbitos da vida do sujeito. Eles podem ser fruto, por exemplo, do trabalho, da família, das relações sociais e de suas características pessoais.

Quando falamos do trabalho, estudos apontam que uma a cada cinco pessoas pode sofrer de alguma doença ocupacional, por exemplo. E isso pode trazer, além das consequências diretas para o profissional, perda de produtividade, absenteísmo e turnover na empresa.

Causas

Muitas vezes, esses fenômenos surgem devido à má organização do trabalho, submissão a chefias autoritárias, falta de comunicação ou transparência. Da mesma maneira, devido a ambiente insalubre, ritmo de trabalho acelerado, exigência crescente, entre outros. 

Sabendo disso, ajudar funcionários a cuidarem do bem-estar pode melhorar o clima organizacional, otimizando, ainda, a integração entre as equipes. Ao se sentirem mais satisfeitos, a equipe exerce melhor as suas tarefas e se engaja mais com os valores da empresa.

Como manter a saúde emocional dos trabalhadores da indústria

Falar em saúde emocional no trabalho significa levar em conta os vários impactos que o ambiente tem no psicológico das pessoas. Pensando nas indústrias, manter a segurança e saúde do trabalhador gira em torno de introduzir uma cultura  funcional. 

Uma cultura forte pode transformar o espírito de qualquer ambiente de trabalho. Quando a empresa tem no time pessoas que conhecem e compartilham a sua essência e os seus valores, ela se torna capaz de automatizar processos e melhorar a performance como um todo.

Outras ações consistem em:

Oferecer benefícios para manter a saúde emocional

Quer estimular a equipe a ser mais produtiva e motivada? Uma boa opção é oferecer vantagens como plano de saúde, com cobertura de psicólogos e psiquiatras. É como se fosse uma forma de incentivar a equipe a cuidar da saúde mental. 

Colocar treinamentos em prática

Um erro comum das indústrias é deixar a capacitação em segundo plano. Contudo, os treinamentos ajudam a prevenir doenças oriundas do estresse psicológico, bem como podem prevenir acidentes de trabalho. Na verdade, esse tipo de ação precisa ser periódica. Isso pois sempre será preciso atualizar conhecimentos e integrar novas pessoas às diretrizes da indústria.

Incentivar o bom clima 

Sabe aquele clima pesado e distante? É isso que devemos evitar, afinal, o isolamento e a falta de interação são fatores que impactam a saúde emocional dos profissionais. A sua empresa pode optar por ações que incluam happy hour, festa de aniversariantes do mês e outras confraternizações internas. 

Mas além do básico, é preciso estar disposto a ouvir a equipe. Quais as suas demandas? Quais tipos de interação eles preferem?

Apostar no feedback

Saúde mental ainda é um tema tabu entre operários, por exemplo. Muitos deles não conseguem perceber tais problemas e tratam o estresse ou a ansiedade com muita naturalidade. Até que seja tarde e a saúde emocional se comprometa a níveis graves.

É por isso que a comunicação deve ser a melhor possível. Isso mais ainda em ambientes onde há um número grande de pessoas como é o caso das indústrias. Uma opção é oferecer feedbacks individuais e, também, abrir um canal onde todos possam se expressar. Por exemplo, um fórum ou um e-mail.

Investir em uma boa comunicação interna

Quando a pessoa sente que tem voz na empresa, ela cria uma relação de confiança com o seu superior. Então, crie um ambiente onde ele possa emitir opiniões, dar sugestões e falar sem medo. É uma ação simples, mas que contribui para a melhoria dos processos e da gestão de pessoas da empresa.

Se você chegou até aqui já sabe que a saúde no trabalho precisa ser uma prioridade. As indústrias que prezam por políticas humanizadas de gestão de pessoas precisam ter essa bandeira como um dos pilares. Porém, por onde começar?

Conheça o teste de personalidade MAPA

A MAPA Avaliações trabalha com soluções para manter a saúde física e emocional do colaborador. 

Então, no Dia Nacional da Indústria, além de parabenizar todos os que fazem parte desse setor tão essencial para o país, queremos apresentar a você o teste de personalidade MAPA.

O nosso teste é um instrumento que permite às empresas o acesso a resultados mais profundos. E, assim, mais eficientes. Ele avalia desde características pessoais até os fatores psicossociais, que nos dizem o que pode impactar cada pessoa no contexto em que se encontra.

Por fim, todos esses dados podem ser usados de forma a fundamentar a implantação de políticas de cuidado, prevenção e promoção à saúde emocional no trabalho.

Converse com a gente e conheça os indicadores MAPA!

Wanessa Viegas

Compartilhe:

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados