fbpx

Saiba como lidar com o estresse no ambiente de trabalho

O estresse no ambiente de trabalho é um dos grandes responsáveis pela queda de produtividade da equipe. O clima negativo causado por essa sobrecarga faz com que colaboradores percam o interesse pelo trabalho, apresentem sintomas de doenças ou até, em alguns casos, leva a afastamentos por problemas psicológicos.

Para evitar que sua empresa sofra com estes efeitos, veja cinco maneiras de lidar com o estresse no ambiente de trabalho.

Entenda o que é “importante” e o que é “urgente”

No trabalho, recebemos diversas demandas dos nossos colegas. Todas elas parecem ser urgentes, no entanto, quando observamos com cuidado, percebemos que nem todas são realmente tão importantes. E, quando os pedidos de ajuda começam a acrescentar mais pressão sobre nós, é preciso fazer uma pausa e refletir.

Identifique se a pressão que você está sentido é direcionada a uma atividade realmente importante para você e para a empresa, ou a uma atividade que é urgente apenas para aquele seu colega (talvez, aquele que deixou o próprio trabalho para a última hora).

Se a fonte do seu estresse são tarefas apenas supostamente “urgentes”, comece a reduzir a prioridade destas tarefas em seu dia a dia. Diga “não” a algumas solicitações, quando elas merecerem. E não sofra por causa de problemas ou de tarefas de importância menor.

Não entre em pânico

Uma das maiores fontes de estresse é o pânico, a preocupação excessiva por ter feito algo errado ou esquecido de cumprir uma tarefa. Porém, além de ser ruim para a saúde, o pânico também é pouquíssimo produtivo, afinal, ele raramente leva a soluções efetivas para o problema.

Portanto, para lidar com situações que envolvem um erro ou uma falha no trabalho, prefira assumir uma postura proativa. Concentre-se em encontrar uma solução, peça ajuda, se necessário.

E lembre-se: existe uma saída óbvia para quase tudo, mas, se você estiver muito ocupado pensando em cenários negativos (do tipo “vou ser demitido por causa deste erro”), você não vai enxergá-la.

Veja o lado do outro

Enxergar o colega e entender como ele se sente ou por que ele age de certa maneira é o que chamamos de empatia. E esse sentimento pode eliminar uma boa parte do estresse no trabalho. Afinal, quando vemos o lado humano no outro e estabelecemos uma conexão ou identificação com ele, aquela sensação de disputa — muito comum nas empresas — é reduzida.

No calor de uma discussão e com uma comunicação inadequada entre as partes, você pode achar que seu colega “armou” para você, que o prejudicou de propósito. E ele deve pensar o mesmo a seu respeito. Mas, na verdade, você sabe que está apenas tentando fazer seu melhor no trabalho e garantir o sustento da sua família — e, muito provavelmente, isso é tudo que seu colega está fazendo também.

Então, por que imaginar situações de conspiração? Em vez disso, evite atritos desnecessários e procure resolver os mal entendidos por meio da comunicação direta (e educada, é claro).

Por fim, quando houver desavenças, entenda que o motivo é simplesmente profissional. Não leve para casa rancor ou suspeitas, pois seu único ganho com isso é mais estresse.

Deixe o trabalho no trabalho

Se você nunca faz um esforço para esquecer o trabalho, ele vai acompanhá-lo aonde for. Na viagem à praia, no fim de semana com a família ou no churrasco com amigos, você estará sempre pensando em prazos, em telefonemas, em funcionários. E, quanto mais você pensa em um assunto, mais ele parece digno de preocupação. Como resultado, seu estresse aumenta.

Portanto, para reduzir o seu estresse no trabalho, é preciso ter momentos em que você se afasta — mentalmente — das suas funções profissionais. Dê uma folga ao seu cérebro. Pratique esportes ou desenvolva um outro hobby. Tenha outros interesses. Assim, você poderá voltar ao escritório no dia seguinte com mais tranquilidade para lidar com as situações do dia a dia.

Essas são dicas que você pode colocar em prática imediatamente para reduzir o estresse no ambiente de trabalho. Entretanto, para os gestores de RH, é muito importante também divulgar este conhecimento em todas as áreas, em benefício de todos os envolvidos: da empresa, dos colaboradores e, até mesmo, dos familiares.

Quer receber outras dicas de especialistas em Recursos Humanos, diretamente em seu e-mail? Então, assine a nossa newsletter.

Equipe MAPA

Time de especialistas da MAPA

Compartilhe:

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados