fbpx

>> Saúde Emocional

Atravessamos um momento sem precedentes. Milhões de pessoas foram obrigadas a mudar de hábitos, a se privar de convívio social e a lidar com incertezas. Uma delas diz respeito à saúde emocional no trabalho.

Nós, da MAPA, sabemos o quanto é importante o cuidado com o bem-estar. E é por isso que trabalhamos incessantemente para ajudar empresas com uma solução de diagnóstico e acompanhamento, algo que somos referência no Brasil. 

Basicamente, estamos falando da nossa metodologia para entendimento de pessoas através de ciência e dados, que pode auxiliar na preservação da saúde emocional no trabalho

A nossa proposta é oferecer uma metodologia segura, dentro de regras estudadas e cientificamente verificadas. Afinal, nunca foi tão necessário ficar mais atento às pessoas, principalmente sabendo de tudo o que estamos enfrentando nesta pandemia. 

O que é saúde emocional? 

 

O termo saúde emocional, embora amplamente utilizado em diversos meios de comunicação, ainda é carente de definição oficial. Por vezes, sua descrição se baseia em um equilíbrio, um bem-estar emocional.

 

Tal visão se assemelha à definição de saúde publicada na constituição da Organização Mundial de Saúde (OMS). No documento, consta que a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doença ou enfermidade.

 

Na MAPA, entendemos saúde emocional como um bem-estar geral e sua avaliação não se reduz apenas a aspectos como ansiedade e estresse. Ela também diz respeito a uma análise dos fatores protetivos e de risco que podem afetar em menor ou maior grau a vida do colaborador.

Esses fatores são chamados de psicossociais e estão presentes em todos os âmbitos da vida do sujeito. Eles podem ser decorrentes, por exemplo, do trabalho, da família, das relações sociais e de suas características pessoais.

 A saúde emocional no trabalho

Quando a saúde emocional no trabalho se encontra ameaçada, ela pode se manifestar por meio de consequências diretas na capacidade produtiva, no aumento de taxas de absenteísmo e turnover

Dessa forma, é interessante avaliar taxas de estresse e ansiedade de forma contextualizada. Assim, é possível entender quais aspectos estão alterados no colaborador para obter informações-chave para a promoção de medidas preventivas.  

A avaliação das características pessoais nos permite analisar pontos de vulnerabilidade, por exemplo. Também é possível verificar os seus pontos de força e possíveis mecanismos de estratégia e suporte que cada um possui para lidar com as adversidades e os obstáculos na vida diária.

Já os fatores psicossociais têm o papel de nos informar sobre o que pode impactar o profissional no contexto específico em que se encontra. Essa análise é realizada considerando as particularidades de sua atividade, o seu gênero profissional, bem como as suas relações sociais e familiares.

Todos esses dados podem ser usados de forma a fundamentar e a justificar a implantação de políticas de cuidado, prevenção e promoção à saúde emocional no trabalho.

Visualização de Dados

Dashboard

MAPA: Saúde Emocional

O dashboard contará com dois tipos de informação. A primeira parte é preenchida por resultados MAPA especificamente voltados para a saúde emocional no trabalho, utilizando medidas feitas especificamente para esse propósito. O resultado MAPA é a base para a compreensão do colaborador.

Avaliação

CONTINUADA

A segunda parte tem como objetivo acompanhar o estado emocional do colaborador periodicamente. A Avaliação Continuada da Saúde Sócio-Emocional é um procedimento desenvolvido com o objetivo de permitir um acompanhamento de qualidade de certos aspectos relacionados à saúde das pessoas.

Em particular, a adaptação a novas condições de trabalho pode ser difícil. Sendo assim, uma das ferramentas de apoio é o levantamento de informações precisas relacionadas ao ambiente social e emocional. Assim como sua evolução no contexto em que a pessoa se encontra.

Nossos Contatos

Ou deixe uma mensagem para receber o contato de um de nossos consultores