fbpx

Testes psicológicos : como e por que usar no RH?

Graças à grande importância dos colaboradores para o sucesso da empresa, o setor de recursos humanos (RH) busca se apoiar em ferramentas que auxiliem na gestão de pessoas. Além disso, devido a vários avanços em pesquisas e tecnologia, o time pode atuar de forma bem mais estratégia. Por exemplo, usando os testes psicológicos de personalidade.

A princípio, a personalidade é um conjunto de características de uma pessoa que ajudam a definir quem ela é. Esses atributos influenciam como uma pessoa pensa ou age diante de diversas situações. Sejam elas favoráveis ou não. Porém, não é tão fácil perceber esses pontos apenas observando.

Não é sempre que o profissional tem clareza sobre todos os aspectos do seu perfil. Por isso, é preciso recorrer a outras ferramentas. Assim como o apoio de um psicólogo.

Legal, não é mesmo? Então, continue a leitura para descobrir como e por que usar testes no RH.

Como usar os testes psicológicos de personalidade?

A aplicação depende do teste e de sua finalidade. O MAPA, por exemplo, é dividido em quatro categorias: Mapa Gestor A, Mapa Gestor B, Mapa Administrativo e Mapa Técnico. Cada uma delas avalia a personalidade dos profissionais que ocuparão cargos de diferentes níveis hierárquicos. Isso é bem útil se a sua questão é a melhor estruturação de cargos e responsabilidades, por exemplo.

Somente psicólogos inscritos no Conselho Regional de Psicologia (CRP) podem analisar essas avaliações. Elas ajudam nas contratações, nos planos de carreira, nos treinamentos, na análise de desempenho e até mesmo na qualidade de vida no trabalho. Porém, se você tentar aplicá-las sem apoio, o resultado será, no mínimo, inconsistente. E, no máximo, o oposto do que você deseja.

Uma vez que auxiliam em diversos momentos — e levando em conta que os colaboradores se desenvolvem cada vez mais — os testes podem ser realizados todo ano. Essa é uma boa oportunidade para analisar o crescimento da equipe e identificar se alguma mudança de atitude pode contribuir ainda mais com esse crescimento.

Por que usar testes psicológicos de personalidade?

Algumas pessoas não têm muito interesse nos testes, acreditando que eles são iguais ao que vemos na internet. Daí a importância de ter o apoio de um psicólogo. Para entender melhor, veja aqui algumas das principais vantagens que a aplicação destes testes traz logo abaixo.

Alocar melhor seus recursos humanos

Diferentes perfis tendem a apresentar performance distintas de acordo com a função. Aqueles com perfis mais centrados sentem-se bem em ambientes de trabalho em que possam se concentrar em uma única tarefa, sem muitas interrupções. Por outro lado, alguém com perfil mais dinâmico tende a ter melhor performance quando precisa se adaptar a novas condições e tomar decisões rápidas.

Por meio dos testes é possível identificar qual é o perfil de cada colaborador/candidato. E, assim, definir qual deles melhor se encaixam na rotina de cada cargo. Alocando seu time, você já terá um rendimento bem maior ao longo do tempo.

Otimização de custos

O trabalho de recrutamento e seleção é bem mais caro do que muitas pessoas imaginam. Além dos investimentos em elaboração de vagas, análise de currículos e outros possíveis passos, também é crucial levar em conta o tempo de espera para encontrar o candidato ideal. E se o resultado não for bom, será necessário tudo.

Levar o perfil psicológico dos candidatos em conta durante a seleção ajuda a evitar esse tipo de inconsistência. Isso pois você pode sinalizar mais de forma mais fácil os perfis que têm as habilidades que você busca para aquela vaga.

Redução da rotatividade

Como dito, a personalidade é um conjunto de características de uma pessoa. Uma vez que o ambiente de trabalho é influenciado por esses atributos, é essencial alocar os indivíduos nos cargos que mais se encaixem em seu perfil.

Quando isso não ocorre, a empresa pode ser impactada com altos índices de absenteísmo, que é um padrão de faltas no trabalho e rotatividade, que é a frequência com a qual sua equipe precisa ser substituída.

Sendo assim, os testes psicológicos de personalidade servem como ferramenta na tomada de decisão do gestor no que diz respeito à identificação da aptidão do funcionário e às funções em que ele vai se desenvolver melhor. Além disso, com menos rotatividade, também haverá menor custo com o processo de contratação.

Identificação e retenção de talentos

Esses testes servem também para elaborar um plano de carreira, programar os treinamentos e reter talentos. Considerando como a concorrência é pesada em muitos setores hoje em dia, ter a equipe com maior rendimento é um forte diferencial para se destacar no mercado. Além disso, os profissionais de maior talento sempre trazem alguma forma de inovação em suas áreas. Quanto antes você puder captá-los para seu negócio, melhor tende a ser o crescimento da sua empresa

Contribuição dos testes psicológicos para o clima organizacional

Outro ponto crucial é o clima organizacional. É comum encontrar em uma equipe pessoas com características diferentes, pois isso faz parte da interação social em qualquer empresa. Os testes psicológicos de personalidade contribuem para que essas particularidades. Da mesa  forma para que o ambiente siga os preceitos das diretrizes da empresa em vez de desenvolver conflitos desnecessários.

Deu para perceber como os testes contribuem, e muito, para a gestão estratégica de pessoas, não é? Porém, vale a pena ressaltar que os testes de internet não entram nesse grupo de avaliações confiáveis. Sua empresa só conseguirá o diferencial se investir de fato nos recursos humanos.

Após a leitura deste post, é possível entender a importância de aplicar teste de personalidade. Que tal saber mais sobre como aplicá-los em sua empresa? Entre em contato conosco para ver as suas necessidades! Estamos aqui para ajudar você!

Equipe MAPA

Time de especialistas da MAPA

Compartilhe:

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados