Como um momento de crise impacta na saúde emocional dos colaboradores

Como um momento de crise impacta na saúde emocional dos colaboradores

Momentos de crise podem impactar em aspectos sociais, econômicos e individuais, dependendo de sua magnitude e das tratativas de controle adotadas. Visto isso, um enfrentamento assertivo requer uma visão ampla e conhecimento sobre o problema em questão.

Neste texto, iremos falar sobre os impactos de um momento de crise em aspectos individuais, pensando no cenário dos colaboradores dentro das organizações.

 

Postura da organização diante de uma crise

Analisando do ponto de vista da organização e seus colaboradores, existem ações que podem ajudar no manejo da situação. O intuito é conseguir ter um bom entendimento do que está ocorrendo e a partir disso fazer um bom planejamento estratégico.

Obtenção de informações através de fontes confiáveis, organização do trabalho de acordo com a nova realidade, fortalecimento da coletividade, planejamento com participação ativa de todos os envolvidos, comunicação assertiva, dentre outras atitudes podem facilitar a passagem pelo momento de crise

Pensando no colaborador é preciso ter em mente que certas práticas contribuem para que ele continue sentindo prazer em trabalhar, enxergando sua jornada como algo positivo. Isso contribui para a diminuição dos sentimentos negativos e esgotantes. Logo, uma crise deve aguçar o olhar da organização para os indivíduos e sua saúde emocional, pois esse é o princípio básico para um bom rendimento no trabalho.

 

Crise e saúde emocional do colaborador

Sentimentos de incerteza, medo e angústia aparecerão nos momentos de crise. Ela representa uma situação nova e fora do comum, a qual o indivíduo precisa significar e se estruturar para um enfrentamento. Algumas pessoas irão lidar com isso de forma mais tranquila, outras poderão se sentir mais tensas, pressionadas ou até mesmo solitárias.

Existem formas de minimizar isso para que seus colaboradores não sejam impactados de maneira tão negativa em sua saúde emocional. Acima de tudo, a empresa e suas lideranças são neste momento o ponto de referência para o colaborador e devem agir como tal.

  • Mantenha seus colaboradores bem informados

Busque informações em fontes confiáveis e entenda qual o real contexto da crise. A partir disso a empresa estará mais preparada para se organizar e repassar um conhecimento adequado a todos.

Um posicionamento claro e transparente irá amenizar os sentimentos de angústia e medo que geralmente aparecem frente ao desconhecido. Outra questão é que uma equipe bem informada sobre o que realmente está acontecendo apresentará maior capacidade para atuar frente às dificuldades que surgirão.

 

  • Estabeleça canais de comunicação abertos

Diante de uma crise muitas pessoas podem se sentir perdidas. Assim, lembre a seus colaboradores que eles não estão sozinhos. O processo de entendimento e adaptação pode ser difícil, por isso mantenha os canais de comunicação abertos para que haja a sensação de acolhimento e escuta.

Esse passo parece pequeno, mas é essencial para que não haja uma disseminação de sentimentos de desamparo ou ansiedade exacerbada. Como consequência positiva, os colaboradores se sentirão mais à vontade para ajudar na busca de melhores tratativas ou soluções pontuais.

 

  • Repense os processos da organização

Uma crise não atinge somente a sua empresa, dessa forma, é um momento onde todos precisarão repensar seus processos e modelos de negócio. É preciso estar com a mente aberta e procurar entender junto ao mercado quais serão as melhores estratégias.

Revisite as formas de trabalho. Caso seja necessário redução ou total liberação do quadro de colaboradores no escritório, por exemplo, estude a prática de home office. A organização pode se surpreender em como a tecnologia pode ser ainda mais utilizada a seu favor. 

Novos hábitos e comportamentos podem ser necessários nesse período, entenda junto a sua equipe como as tarefas e execuções serão mantidas de forma diferente da convencional. Ninguém melhor que o próprio executor da tarefa para ajudar neste momento. Sentir-se útil e requisitado irá ajudar seu colaborador a ressignificar a crise.

 

  • Alinhe os objetivos da organização junto ao colaborador

Diante de um novo cenário é essencial um alinhamento entre as equipes e a empresa. Seus colaboradores precisam se sentir preparados para o enfrentamento da crise. Garanta que os objetivos da organização foram bem entendidos por todos.

Essa movimentação ajudará seus colaboradores a terem metas comuns e se manterem incentivados na continuidade do trabalho, mesmo que em contexto diferente. Também será benéfico para que as pessoas se sintam menos perdidas.

 

  • Auxilie seu colaborador nos processos de adaptação

Nem todos os indivíduos se sentirão preparados diante de um novo cenário. Pensando nisso, auxilie seu colaborador nos processos de adaptação. Ofereça suporte para que consiga se reorganizar.

Mantenha um contato ativo, promova reuniões (online caso o momento exija), procure acolher situações específicas, aceite que algumas tarefas serão possíveis de serem executadas e outras não, e repasse esse entendimento. Use a tecnologia a favor da organização e do colaborador, lembrando sempre que lidar com uma crise requer trabalho em conjunto e compartilhamento.

 

Conclusão

O enfrentamento de uma crise não será fácil para nenhuma organização e principalmente para seus colaboradores. Assim, é o momento de pensar em como o negócio irá se manter, mas focar ainda mais no indivíduo, naqueles que mantém sua organização em movimento.

A partir disso, resoluções, novas estratégias de trabalho e posicionamentos de mercado virão como consequência. Ao final a organização pode se surpreender com sua capacidade de se reinventar.

Acompanhe nosso blog e conheça mais sobre o tema.

Giulia Ladeira

Psicóloga e Analista Técnica na MAPA

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Categorias

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Últimos Artigos
Transformação Digital

Transformação Digital

Não é novidade que as ferramentas digitais influenciam e moldam a maneira como nós vivemos, nos comunicamos e trabalhamos, gerando grandes e diversas mudanças em