fbpx

Sensação de bem-estar e felicidade na Pandemia: um desafio e tanto!

O ser humano possui necessidade de contato social. A princípio, isso é algo biológico. Esse contato é um fator que proporciona melhora na sensação de bem-estar e felicidade, principalmente em tempos de pandemia. Na verdade, é uma exigência humana estarmos conectados e com vínculos com outras pessoas. 

Felicidade na pandemia

Hoje, as informações da OMS (Organização Mundial da Saúde) orientam para que seja feito o distanciamento físico. Porém, isso aumentar a sensação de isolamento social e solidão. A situação da pandemia já causa estresse, preocupações e medo para maior parte das pessoas. Então, o distanciamento social tende a aumentar esse sentimento. 

Estresse

O sistema humano possui uma resposta fisiológica ao estresse, que é feita por meio da liberação de ocitocina. A ocitocina possui  efeito calmante, opondo aos efeitos do hormônio cortisol, hormônio do estresse. Nesse sentido, o estresse pode impedir a procura do apoio e também do contato social.

O combate ao estresse é favorecido pela busca de apoio. Por exemplo, em conversas nas quais pode-se dizer a alguém como você se sente, sem esconder seus sentimentos. E quando não conseguimos ter contato de uma forma efetiva e eficaz, o sofrimento aumenta. 

Falta de contato

A falta do contato pessoal diminui, por um lado, a sensação de intimidade. Mas, em outras situações, existem intimidades sendo resgatadas. Isso principalmente por quem mora com outras pessoas, conseguindo realizar atividades compartilhadas. Por exemplo, as refeições juntos, que já não aconteciam há mais tempo devido à correria do dia a dia. 

Mesmo que a maior parte das pessoas tente se conectar com os amigos e familiares por meio dos dispositivos eletrônicos, nem sempre é possível manter contato com algumas pessoas que faziam parte do seu dia a dia. Por exemplo, colegas de trabalho, funcionários do prédio ou do restaurante. 

O impacto será diferente para cada pessoa, mas ele tende a ser maior para aqueles que moram sozinhos, que têm conexão de internet ruim, ou que não possuem internet. Além disso, vale lembrar também que nem todos gostam ou sabem usar os aplicativos. 

Alternativas

Além disso, o contato por texto não tem o mesmo impacto emocional e cerebral do que o contato físico, com encontros ou reuniões presenciais onde se torna possível ver, ouvir a outra pessoa e tocá-la. Uma forma de melhorar o contato nesse momento são as videochamadas ou vídeos gravados.

Da mesma forma, podemos usar outras opções que não sejam virtuais. Por exemplo, o contato com vizinhos que já sejam próximos ou iniciar uma aproximação com outros. Você pode oferecer ajuda para os que necessitam de assistência, por exemplo. Outra forma de contato social é aproveitar para conversar, mesmo que por menos tempo com as pessoas que trabalham nos mercados, padarias, farmácias nos momentos em que estiver nesses locais.   

Dessa forma, para que se mantenha a sensação de bem-estar e felicidade frente a esse momento torna-se crucial manter contato com amigos e família. Isso seja por ligação ou chamadas de vídeos, como forma de assemelhar-se ao contato físico. Além de realizar atividades e passatempos que você goste e que lhe tragam uma conexão.

Para continuar lendo sobre o tema, não deixe de conferir nosso blog.

Mariana Bezerra

Psicóloga e Analista Técnica na MAPA

Compartilhe:

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados