fbpx

Sono de qualidade: como manter?

O sono é uma das necessidades básicas da vida e possui uma função essencial para a saúde. A princípio, o sono melhora do humor, mantém um bom ritmo biológico e também a recupera energia do corpo.

Sono de qualidade

Além disso, um sono de qualidade possui diversas funções para o nosso corpo. Por exemplo, ajuda a manter a memória, os sistemas imunológico, cardiológico, metabólico e também da homeostase. Cada pessoa precisa de um tempo de sono diferente para satisfazer a necessidade biológica. E o sono ideal é aquele que despertamos sem precisar de nenhum estímulo externo. Por exemplo, o auxílio do despertador. 

Consequências de uma noite de sono ruim

Frente à pandemia, ter uma noite de sono de qualidade se torna ainda mais essencial. Esse momento de crise pode gerar vários sentimentos. Um exemplo é o medo, que é o pior sentimento para o sono. Como consequência, ele pode causar uma péssima noite. Uma noite mal dormida provoca:

  • cansaço no dia seguinte
  • queda no rendimento
  • sonolência
  • ansiedade
  • lentidão de raciocínio
  • dificuldade de acumular conhecimentos
  • alterações do humor
  • comprometimento de criatividade, atenção, memória e equilíbrio.  

Nesse sentido, podemos dizer que dormir é um ato natural. E se o sono não aparece de forma natural ou aparece em um momento errado, é preciso reorganizar-se para que se torne de qualidade. Nesse caso, o ideal é realizar a higiene do sono, que é um método para ajudar pessoas com insônia leve a moderada.

Dicas para manter sono de qualidade

  • A princípio, estabeleça um  horário para dormir.
  • Evite a luz artificial. Sinalize para o cérebro que está chegando a hora de dormir, cerca de duas horas antes do horário. Ajudará seu cérebro a produzir o hormônio melatonina, informando ao corpo que está no momento de descansar. 
  • Igualmente, escolha alimentos leves durante a noite. Os alimentos muito pesados provocam uma digestão mais difícil. Então, evitar o consumo deles impossibilita a insônia ou um sono de baixa qualidade. 
  • Evitar o consumo de alimentos estimulantes. Os alimentos com cafeína são estimulantes e nos mantêm ligados por muito temp. Por exemplo, café, refrigerante, alguns chás e até mesmo chocolate. 

Outras coisas que é possível evitar

  • Evite pensar em problemas. Crie um ritual que o ajude a relaxar. Fazer a leitura de um livro que traga paz, ouvir uma música suave, não deixando com que as preocupações tomem conta da sua mente.
  • Evite o uso dos equipamentos eletrônicos. A princípio, a luz emitida pelas telas dos equipamentos, seja dos computadores, celulares ou tablets dificultam a liberação da melatonina. 
  • Encontre um ambiente adequado e confortável. Para isso, é necessário que o ambiente esteja escuro, silencioso e com uma temperatura legal. 
  • Faça atividade física, mas encontre a hora certa. Então, observe qual o melhor horário para realizar atividades físicas. Para algumas pessoas realizar os exercícios no período da noite não atrapalha dormir. Inclusive, auxilia a ter uma melhor noite de sono. Porém, para outras pessoas, se torna um problema. 
  • Evite passar o dia realizando tarefas na cama. Por isso, não vale a pena usar a cama para ver filmes, ler livros, trabalhar, comer o cérebro não irá associar a cama ao sono. Caso seja possível, reserve a cama apenas para dormir. 

Por fim, lembre-se sempre de respeitar o seu tempo de sono e as necessidades do seu corpo.  

Então, se precisar de ajuda para cuidar da saúde emocional, conte com a MAPA. Fale agora mesmo com um especialista!

Mariana Bezerra

Psicóloga e Analista Técnica na MAPA

Compartilhe:

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados