fbpx

A solidariedade na crise

A pandemia que estamos enfrentando fez com que outros sentimentos surgissem nas relações humanas. Por exemplo, o de que é preciso ajudar o outro e ter solidariedade na crise. Na verdade, são diversas as ações que devemos observar neste período.   

Solidariedade na crise

Quando pensamos nas várias práticas que vêm sendo feitas durante a pandemia, é possível observar que ampliamos nossa consciência sobre o bem-estar e aconchego. Mais ainda que a solidariedade com o próximo deve acontecer sempre. Isso por se tratar de necessidade perene, indo muito além do que desse momento de crise.   

Existem ações realizadas por empresas de grande porte e também as de pequeno porte. Da mesma forma, podemos observar também as ações dos grupos de amigos ou até mesmo de forma individual.  

Quando pensamos nas ações de solidariedade, vemos iniciativas da sociedade civil, sem as mediações ou interferências do governo. Validando dessa forma a grandeza e o potencial da população em geral para alcançar um objetivo.   

Comunicação

Nos meios de comunicação, é possível acompanhar todas essas diversas ações. Sejam elas arrecadação de alimentos, roupas, produtos de higiene, produtos de limpeza. Ou mesmo as ações de maiores proporções. 

Alguns empresários estão abrindo mão do lucro para manter os empregos da equipe. Outros optaram por fazer doações para pessoas que precisam. Além de algumas empresas mudarem a produção para garantir que o abastecimento de produtos essenciais em tempos da pandemia. Por exemplo, álcool em gel e máscaras.  

Os exemplos são muitos no Brasil. Algumas redes de mercados estão definindo horários que são apenas para os idosos, que fazem parte do grupo de risco. Da mesma forma, outras empresas estão abrindo de forma gratuita o acesso à informação. 

Benefícios

A princípio, todas as ações trazem alguns sentimentos e sensações não só para as pessoas que são beneficiadas. Mas também para as pessoas que as realizam. Por exemplo: 

  • A euforia no momento libera endorfina e serotonina, hormônios da felicidade.
  • O ato de solidariedade provoca sensações de alegria, resiliência e vigor. 
  • Melhora na autoconfiança e valor próprio. 

Os movimentos e ações ficam mais presentes em momentos de grandes desastres.  Vale ressaltar que as ações, pequenas ou grandes, devem ser feitas de forma segura. Sempre seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde.  

Por fim, quer conhecer as soluções da MAPA? Então, entre em contato!

Mariana Bezerra

Psicóloga e Analista Técnica na MAPA

Compartilhe:

Leia em primeira mão

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades em sua caixa de email. Não enviamos span.

Artigos Relacionados